@MaryPombagira

Sheldon nunca foi muito de ir à Igreja, na Califórnia isso pode até ser normal, o estado dos pecados onde pessoas usam coisas como preservativos. Mas no Texas as coisas são bem diferentes. Aqui nós fazemos sexo para se reproduzir, esperamos a paz do Espírito Santo nos tocar antes de nos alimentar e temos preconceito contra pessoas de outra religião.
Como todos já devem imaginar, levar Sheldon à Igreja não era muito fácil. Algumas ameaçar do tipo “eu te dei a vida, se eu quiser eu tiro de você” eram necessárias. O que, segundo as leis de Deus, está tudo bem, já que a Bíblia diz com todas as letras “Caso você mate seu filho numa tentativa de levá-lo à Igreja, Deus lhe perdoará”.
A partir de hoje, vou passar a dar dicas pra vocês, que provavelmente vai ajudar na criação dos seus filho, já que sou uma mulher melhor que vocês pois tenho a minha vida apoiada nas bases da Igreja.

Dica de hoje: como levar o seu filho para a Igreja.

Primeiro comecem com algumas medidas básicas como jogar água benta (receita abaixo), bater com o terço gritando “exorciza Senhor esse espírito maligno” ou queime a mão do seu filho com a cera que derreter de uma vela de sete dias.
Caso isso não der certo, você deve ameaçá-lo de morte, como já falei acima. E lembre-se: se você levar o seu filho para a Igreja, mesmo que morto, você terá cumprido sua tarefa na Terra.

Receita de água benta: pegue um pouco de água do seu vazo sanitário e misture com álcool (representa a purificação). Adicione uma gota do sangue de Jesus (pode ser um pouco difícil de conseguir, mas tem uma loja aqui na esquina de casa que é ótima), dê dois giros no sentido horário e grite “UPA LELÊ, AMÉM”, e está pronto para usar no seu filho.

Se tiverem dúvidas, quiserem pedir dicas ou fazer uma crítica, fale comigo no @MaryPombagira.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário